FRASE DA SEMANA (mande a sua)

Na maioria das vezes somos causadores das nossas próprias desgraças!!! "Nogueira"

segunda-feira, 21 de julho de 2008

DDS - A PIRÂMIDE DE BIRD

Uma pesquisa realizada pelo Engenheiro Norte Americano FRANK BIRD JÚNIOR, durante dez (10) anos, pesquisando 297 empresas, sobre um total de dez milhões de homens horas trabalhadas, constatou-se que: Na ocorrência de 600 incidentes, temos: 30 acidentes com danos a propriedade, 10 acidentes com lesões não incapacitantes e 01 acidente com lesão incapacitante.
+
' '
' 1 ' - lesão incapacitante.
'-----'
' 10 ' - lesões não incapacitantes.
'---------'
' 30 ' - Acidentes com danos a
'-------------' propriedade
' 600 ' - Acidentes sem lesões ou danos
+-----------------+ visíveis (incidentes).

CONCLUSÃO
Uma atuação em conjunto, onde cada funcionário, informando os problemas (incidentes), ao seu supervisor imediato, e este procurando junto aos órgãos responsáveis, a solução do problema, isto nos levará ao domínio da situação. Como se vê, estaremos trabalhando na base da PIRÂMIDE, eliminando as causas dos acidentes.






Outro opção:













Comentário que nos ajudou bastante. Segue para análise. Obrigado pela participação!!!

Nogueira, bom dia! Gostaria de fazer uma correção, esta pirâmide não é a de Bird e sim da ICNA (Insurace company of north America) Ela foi seguindo-se aos estudos de BIRD, em 1969 a ICNA analisou e publicou um resumo estatístico de dados levantados junto a 297 empresas que empregava cerca de 1.750.000, pessoas, onde foram obtidos 1.753.498 relatos de ocorrências. Este resumo e mais preciso que os relatos de Heinrich e Bird. A pirâmide de Bird e aquela simples: 1 com lesão capacitante/100lesão não incapacitante/500 danos a propriedade. inclusive a piramide da ICNA inclui um fato novo: os quase acidentes. Depois deste estudo vem o de John Fletcher e H.M.Douglas, que vieram aprofundar os trabalhos de Bird. Sendo Fletcher, a filosofia que mais se aproxima dos modernos programas de segurança. Espero que eu tenho esclarecido este equivoco, Sou Técnica de Segurança, Engenheira de Produção e Estudante de pós graduação em Engenharia de Segurança. Seu blog e muito bom, extremamente prevencionista. Como sei disto? minha tese para a mestrado será a história da prevencção no mundo.Abraços. Luciana Villela

12 comentários:

Alex Borges disse...

Olá Nogueira;
Diante mão quero parabenizar por estas informações disponiveis, como esta servindo para mim tenho certeza que irá servi para outros também.
Parabens pelo seu espirito prevencionista.

Att: A. Borges

Ivanilde Amorim disse...

Olá Nogueira;
Fique feliz em encontra alguém que realmente se preocupa com segurança,não só na empresa mas em poder ajudar o próximo,ou seja seus colegas de profissão.
Continue com essa sua força.
Ivanilde Amorim.

Renan Souza disse...

Olá Nogueira, sou Engenheiro de Produção e atualmente faço Pós em Engenharia de Segurança do Trabalho...parabenizo pelas informações postadas no seu blog...é isso aí!!!A Pirâmide de Frank Bird nos serve como parêmetro para mitigar as ocorrências de acidentes no trabalho!

Att, Renan Souza

Anônimo disse...

Nogueira, bom dia!
Gostaria de fazer uma correção, esta pirâmide não é a de Bird e sim da ICNA (Insurace company of north America) Ela foi seguindo-se aos estudos de BIRD, em 1969 a ICNA analisou e publicou um resumo estatístico de dados levantados junto a 297 empresas que empregava cerca de 1.750.000, pessoas, onde foram obtidos 1.753.498 relatos de ocorrências. Este resumo e mais preciso que os relatos de Heinrich e Bird. A pirâmide de Bird e aquela simples: 1 com lesão capacitante/100lesão não incapacitante/500 danos a propriedade. inclusive a piramide da ICNA inclui um fato novo: os quase acidentes. Depois deste estudo vem o de John Fletcher e H.M.Douglas, que vieram aprofundar os trabalhos de Bird. Sendo Fletcher, a filosofia que mais se aproxima dos modernos programas de segurança. Espero que eu tenho esclarecido este equivoco, Sou Técnica de Segurança, Engenheira de Produção e Estudante de pós graduação em Engenharia de Segurança. Seu blog e muito bom, extremamente prevencionista. Como sei disto? minha tese para a mestrado será a história da prevencção no mundo.Abraços.

Luciana Villela

Anônimo disse...

Existe um trabalho ótimo feito no poló de Camaçari sobre Segurança do Trabalho, uma monografia de uma autor baiano, muiot bom, a vale a pena ler, caso queira eu envio para vc, tb.
Luciana Villela

André NOGUEIRA disse...

Pessoal, a discussão está ótima!!!
Lembrem apenas que esse blog tem como objetivo tambem está disponibilizando materiais para pesquisa de estudantes que estão chegando agora. Continuem enriquecendo o blog com os comentarios de vocês.
Peço, por favor, que se mantenha o respeito e o profissionalismo!!!
Saudações!!!
NOGUEIRA

Anônimo disse...

Boa tarde!
Parabens ao Nogueira pelo ótimo trabalho prestado a toda a comunidade prevencionista,e digo,todos nós TST's precisamos ter cuidados na apresentação,inclusive na hora de nos expressar através da escrita;srs(as),cuidado com a lingua portuguesa.

Att:V.Ribeiro

Luciana disse...

Olá Nogueira, muito bom o seu blog!
Sou engenheira química e faço pós em engenharia de segurança do trabalho. Gostaria de saber se tem algum material ou pode indicar algum que fale sobre a influência do fator psicológico em acidentes do trabalho.

Parabéns!

Luciana

Mel disse...

olá sr Nogueira,
gostaria de parabenizá-lo pelo excelente blog, me ajudou bastante em pesquisas realizadas.Faço técnico em segurança do trabalho no IFPE do estado de pernambuco e estou mt satisfeita com as informações aqui disponibilizadas.
att,
Marylane Gomes (Mel)

Anônimo disse...

No post da eng. Luciana, gostaria de saber o que é lesão capacitante.

André NOGUEIRA disse...

Oi amigo anonimo.

Lesão capacitante. o nome ja diz. Lesão que permite do funcionario trabalhar. SAF (sem afastamento).

Rafaella disse...

Oi!!

Estou muito feliz e satisfeita em participar do seu blog.
Estou acabando de formar para Seguran
do Trabalho.


Bjosss